Assistência de viagem: como funciona

Adquirir um plano de assistência de viagem é tão importante nos preparativos das férias quanto arrumar as próprias malas. Afinal, imprevistos acontecem e, não raramente, são capazes de provocar grandes dores de cabeça, especialmente quando se está longe de casa. Por isso, é fundamental viajar prevenido. Os planos de assistência têm valores baixos e ocupam uma parcela ínfima do orçamento da viagem. Podem evitar grandes roubadas e valem cada centavo do investi- mento. Entenda o porquê.

Despesas médico-hospitalares são caríssimos em alguns países, como nos estados unidos

A atriz gaúcha Nyrce Levin nunca viajou sem antes fazer um plano de assistência de viagem. Em 2016, quando foi à Tailândia, pagou US$ 75 por um plano de assistência com duração de 21 dias (o equivalente a US$ 3,5 ao dia) e que garantia até US$ 55 mil de despesas médicas. É claro que Nyrce pensou positivo e manteve a esperança de não precisar do serviço. Mas nunca sabe. Nessa viagem, Nyrce embarcou em um divertido passeio de lancha em uma ilha tailandesa. Para ter mais emoção, resolveu sentar-se na primeira leira da embarcação. Só que o mar estava agitado naquele dia e uma onda mais forte a jogou violentamente contra o assento de madeira. Nyrce fraturou uma vértebra. Sentiu dores horríveis. Quando desembarcou, mal conseguia caminhar. Com posse do número da apólice do plano, ligou para a seguradora no Brasil gratuitamente, que indicou um hospital próximo. Pouco tempo depois do acidente, já estava sendo examinada e medicada sem pagar um centavo por isso. Além de custear médicos, hospitais e medicamentos, os planos de assistência de viagem ainda oferecem outras vantagens. Mesmo os pacotes mais básicos oferecem serviços como indenização no caso de bagagem extraviada, reembolso por gastos no atraso da bagagem ou por danos à mala, suporte em caso de perda ou roubo de documentos, empréstimo para assistência jurídica, seguro de vida, entre outros serviços.
No Brasil, há diversas seguradoras que oferecem os planos de assistência de viagem (veja box). Você pode contratá-las por conta própria ou via agências de turismo. Há ainda a possibilidade de recorrer aos seguros oferecidos pelas grandes empresas de cartão de crédito (Visa, Mastercard, American Express), que fornecem o serviço gratuitamente caso você adquira a passagem aérea com o uso do cartão de crédito.

Há planos específicos para quem pratica esportes de inverno

Vale lembrar que em diversos países na Europa, como Portugal, França, Espanha, Alemanha, Itália e todos os outros que fazem parte do Tratado de Schengen, é exigido dos turistas um seguroviagem que cubra um valor mínimo de 30 mil euros em despesas médico-hospitalares.

Intoxicação alimentar é comum entre os problemas de saúde em viagem

QUANTO CUSTA

Os preços dos planos variam muito conforme a empresa, o destino, o tempo da viagem e, principalmente, segundo os valores cobertos para cada serviço. A idade do passageiro também conta. Quem tem mais de 70 anos paga entre 25% e 50% a mais. Em geral, os planos de assistência para viagens internacionais custam entre US$ 3,5 e US$ 14 por dia de viagem.
Seja qual for a seguradora escolhida, na hora de fechar uma compra, solicite sempre o envio do contrato para análise das coberturas do plano, já que existem uma infinidade de tipos de seguro. Os planos mais básicos, por exemplo, não costumam incluir atendimento em cruzeiros marítimos, em que o serviço médico costuma ser caríssimo. Também há planos específicos para quem pratica esportes de aventura ou viaja para estações de esqui, situações nas quais o risco de fraturas e torções é muito maior e um acidente pode envolver até a necessidade de um resgate aéreo. Nos Estados Unidos, onde o atendimento médico é caro é recomendável viajar com planos premium, que cubram acima de US$ 120 mil.
É importante verificar que doenças pré-existentes não costumam ser atendidas, assim como partos, a não ser que o serviço seja contratado previamente. Considere também as empresas que fornecem atendimento 24 horas e em português. Isso pode fazer diferença na hora de uma dificuldade. É o caso, por exemplo, da Travel Ace e da Assist Card, duas grandes empresas do setor, que ainda oferecem o autoatendimento por aplicativo de celular. Via aplicativo, o passageiro, em poucos passos, pode fazer a solicitação do serviço e agendar uma consulta médica, por exemplo. Já em casos de urgência ou internação só mesmo via call center. Seja qual for a situação, o viajante deve sempre acionar a seguradora, que indicará o hospital conveniado mais próximo. Se não houver, a alternativa do seguro é encaminhar um médico ao hotel (home care).

DICAS PARA EVITAR PROBLEMAS

• Faça pesquisa de preços com as seguradoras antes de comprar um plano.
• Verifique se o país de destino exige assistência de viagem.
• Leia toda a apólice do plano antes de confirmar a compra e confira os pormenores da cobertura.
• Prefira seguradoras que oferecem atendimento 24 horas e em português.
• No check-in, certifique-se que a sua mala está etiquetada com o seu nome e não do acompanhante) para evitar problemas no caso de extravio.
• No caso de atraso da bagagem, guarde todas as notas fiscais das roupas e produtos que tiver que comprar para apresentar junto do pedido de reembolso.
• A seguradora só fará reembolso das despesas por bagagem atrasada caso a companhia aérea não o faça.
• As seguradoras têm prazo de 30 dias para fazer os reembolsos (exceto no caso de documentos faltantes no pedido) e o valor reembolsado é limitado pela cobertura do plano.
Fonte: Procon-SP

DE OLHO NOS VALORES

QUANTO CUSTA
De uS$ 3,5 a uS$ 14 por dia de viagem é quanto custam os pla- nos de assistência internacional (mínimo de cinco dias).

QUAL A COBERTURA
Despesas médico-hospitalares – uS$ 12 mil a uS$ 300 mil
Despesa odontológica – uS$ 250 a uS$ 800
Remédios – uS$ 300 a uS$ 2.500 Indenização por extravio de babagem – uS$ 600 a uS$ 2 mil
Gastos por atraso de bagagem – uS$ 100 a uS$ 800 Danos à bagagem – uS$ 150 a uS$ 300

* Fonte: travel Ace Assistance

QUEM OFERECE O SERVIÇO

Aprilwww.aprilbrasil.com.br
Assist Cardwww.assist-card.com
Global travel Assistancewww.gtaassist.com.br
Mapfre – www.mapfre.com.br
Mondial Assistancewww.mondial-assistance.com.br
STB – www.stb.com.br
Travel Acewww.travelace.com.br

Por Tales Azzi texto e Mauro Fodra Ilustração

Compartilhe
error: Content is protected !!