Conheça a comida típica da Jordânia

Por Paulo Basso Jr.

Homus, iogurte com pepino, baba ganoush, falafel, kibe, salada de agrião, tabule, molho de tomate com pimentão e pão-folha à vontade. Essa é a típica “entradinha” servida por quase todos os restaurantes jordanianos. Em geral, falta espaço na mesa e come-se muito (e muito bem) nesse lindo e exótico país do Oriente Médio. Entre os pratos principais há o kebab (espetos de carne de boi, cordeiro e frango), kafta (em geral servida em forma de bife, grelhado ou com molho de tahine) e shawarma (o que os brasileiros costumam chamar de kebab, uma mistura de carne de cordeiro ou frango feita como um churrasco grego servida no meio do pão).

Outro prato bem típico é o mansaf, feito de cordeiro cozido em molho de iogurte fermentado seco e servido com arroz. De sobremesa, há baklava (um tipo de torta com nozes), raleu (feito com mel, açúcar e pasta de gergelim), doces com mel e flans com água de rosas (que têm um estranho gosto de sabonete). Para completar, é servido café com cardamomo ou chá. E não estranhe se virem à mesa, em plena refeição, os narguillés – os tradicionais cachimbos orientais.

Baklava

De forma geral, todos os restaurantes da Jordânia sevem comida boa e farta, até mesmo os mais simples. Se for para lá coloque três deles no seu roteiro:
Levant Restaurant (www.levant-jo.com) – Na capital Amã, serve ótimos risotos e shawarma (o espeto de cordeiro).
Haret Jdoudna (www.haretjdoudna.com) – Fica em Madaba (cidade turística a 45 minutos da capital Amã), que serve pratos deliciosos, como cogumelos com azeite e alecrim, em um quintal de um antigo casarão da região.
Petra Kitchen (www.petrakitchen.com) – Aqui você mesmo prepara a própria comida sob a gerência de chefs. Fica em Wadi Musa, vilarejo que é base para conhecer o sitio arqueológico de Petra.

Diversas opções de comida | Preparo do Shawarma

 

 

Compartilhe
error: Content is protected !!